Apresentação das listas de candidaturas para a Direção da AIL

13º Congresso da Associação Internacional de Lusitanistas

A Secretária-Geral informa todos/as os/as sócios/as da Associação Internacional de Lusitanistas que no site da AIL serão publicadas as listas de candidatos para a nova Direção da AIL cuja eleição decorrerá no âmbito do processo eleitoral entre 27 e 29 de julho de 2021.

Nos próximos dias, todos/as os/as participantes no Congresso irão receber instruções sobre as modalidades de voto. Os/as participantes no Congresso receberão um código de acesso para votar anonimamente através de uma plataforma digital.

É possível apresentar uma lista de candidatos à Direção da AIL até dia 28 de julho às 20 horas [hora de Roma, 19 h de Lisboa, 15 h de Brasília]

A Veredas n. 32, organizada por Edma de Góis (Jornalista, doutora em Literatura pela Universidade de Brasília (UnB) e pós-doutoranda em Estudo de Linguagens na Universidade do Estado da Bahia (PNPD-CAPES/ UNEB)), reúne nove artigos que abordam, de diferentes perspetivas o tema Direitos humanos, leitura e literatura.

A Segunda Circular do 13.º Congresso da AIL foi recentemente tornada pública através do endereço https://roma2020ail.org

Esta segunda circular tem como objectivo orientar sobre os procedimentos do processo participativo e fornecer mais informações acerca da inscrição e apresentação de resumos.

Roma é alvo de elevada procura turística no verão, que reduz a disponibilidade e aumenta o custo das viagens e alojamentos. A organização, a través da Agência EGA de Roma, disponibiliza um site de reserva de alojamento e de ticket para as refeições na cantina da Universidade, com as condições mais favoráveis para os participantes. Marque com antecipação para garantir a sua estadia a preços razoáveis.

Veja aqui a 2.ª Circular do Congresso (PDF).

Anexos:
Fazer download deste ficheiro (Segunda Circular AIL Roma 2020.pdf)Segunda Circular AIL Roma 2020.pdf150 kB0 Downloads

A trágica morte de Sebastião Pinho, professor jubilado da Universidade de Coimbra, Secretário Geral e Tesoureiro da AIL de 1996 a 1999, deixa a memória da Associação marcada por uma grave e irreparável perda. Cultíssimo humanista que dedicou a vida aos estudos, até ao seu último dia, especializado em Estudos clássicos e estudioso do Humanismo português, Sebastião Tavares de Pinho foi durante a presidência da AIL de Hélder Macedo, um incansável dirigente, um dos inovadores da comunidade associativa dos lusitanistas numa fase em que esta estava a colher os frutos de uma maturidade e projeção internacional alcançadas no último triênio.