Programação do ColóquiO JÁ DISPONÍVEL AQUI

---

A Associação Internacional de Lusitanistas e o Departamento de Português da Faculdade de Letras da ELTE de Budapeste organizam a segunda edição dos Colóquios de Budapeste – AIL, subordinado ao tópico «África século XXI: Literatura, Cultura e Sociedade nos Países Africanos de Língua Portuguesa».


Entre os dias 11 e 13 de novembro de 2013 a AIL celebrará na Universidade de Budapeste um colóquio com os maiores especialistas nas culturas dos países africanos de língua portuguesa.
Os Colóquios de Budapeste pretendem virar cada ano o foco dos estudos lusófonos para áreas de especial interesse, bem por terem sofrido uma tradicional desatenção por parte da corrente académica maioritária, bem por estarem a experimentar uma emergência e relevância, que revele a necessidade de deter-se para refletir sobre os modos, as técnicas, os rumos, os desafios e as metodologias.
Neste segundo colóquio, a Associação Internacional de Lusitanistas e o Departamento de Português da Faculdade de Letras da ELTE de Budapeste convocam as investigadoras e os investigadores que trabalham sobre qualquer aspeto das Literaturas, das Culturas e das Sociedades dos Países Africanos de Língua Portuguesa que o desejarem para apresentarem propostas de comunicação em relação à algum dos seguintes aspetos: definição do espaço de estudo; relações entre os diferentes espaços africanos de língua portuguesa com outros espaços africanos e com outros espaços lusófonos; desafios específicos que os espaços africanos colocam em relação ao acesso aos média e à relação dos produtos culturais com os públicos; políticas culturais; pertinência da inovação metodológica; pertinência e utilidade de velhos e novos quadros teóricos, etc.
O ponto de encontro é o desenho de novos rumos e a discussão académica sobre os desafios investigadores em relação ao tópico proposto. Para isto, especialistas dos estudos africanos de língua portuguesa discutirão neste colóquio os resultados mais recentes da sua pesquisa, marcando os novos trilhos que esta deve seguir para a obtenção de resultados aliciantes e relevantes.
A estrutura do colóquio é deliberadamente reduzida a fim de facilitar a discussão sobre o tópico proposto. A tal efeito, a organização convida uma série de pessoas chave pela sua trajetória ou pela relevância das suas propostas, a que se suma um número de comunicações selecionadas entre as propostas apresentadas.
Importante: Amplia-se o prazo para apresentar candidaturas para participar com um relatório no evento, de que serão selecionadas um máximo de 15. Todas as candidaturas para participar neste encontro deverão ser submetidas à Comissão Científica do mesmo  até 15 de agosto, (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.) e a confirmação de participação será emitida até 1 de setembro.
As pessoas interessadas deverão enviar uma proposta com o texto integral da sua comunicação e um Curriculum Vitae breve em que explicitem a sua trajetória investigadora ligada ao período em foco.
As apresentações não ultrapassarão os 20 minutos, em que serão apresentados os aspetos mais inovadores ou relevantes tanto da metodologia utilizada como dos resultados obtidos. As versões definitivas dos trabalhos apresentados, reelaborados a partir das conclusões do próprio colóquio, poderão ser publicadas, se receberem duas avaliações positivas, num número especial da revista Veredas. Para isto, o texto, não deverá superar as 6 000 palavras, deverá ser preparado para publicação seguindo as normas de edição da revista Veredas, acessíveis no site da AIL.
Os preços de inscrição são os seguintes:
- Pessoas Convidadas: grátis
- Sócios e sócias da AIL: 30€.
- Não associados/as: 150€ (quota trienal da AIL [120€] + preço de inscrição).